Legislação

Uso do extintor de incêndio em automóveis volta a ser opcional

Compartilhe esta publicação

Tudo estava encaminhado para que o uso do extintor de incêndio em automóveis voltasse a ser obrigatório a partir de 1º de outubro de 2018. Antes dessa data, muitos motoristas levaram multa, tiveram seus carros apreendidos e sofreram as consequências de andarem por aí sem um extintor do tipo ABC. Muitos outros gastaram dinheiro equipando os seus carros, chegando a gastar até R$ 180 para deixar tudo nos trinques.

Mas então, faltando poucos dias para 1º de outubro bater às nossas portas, não é que o uso do extintor de incêndio passou a ser opcional e não mais obrigatório?

Deixando de lado a revolta que isso causou a muitos motoristas (por causa dos perrengues citados ali no começo do nosso artigo), a verdade é que pela Legislação atual, o extintor de incêndio passa a ser opcional daqui por diante (ou até alguém mudar a lei de novo).

Porém, se para automóveis o uso desse equipamento passou a ser opcional, ele continua sendo exigido para:

– Caminhões;
– Micro-ônibus;
– Caminhão Trator;
– Ônibus;
– Vans;
– Veículos que transportem produtos inflamáveis.

A alegação é a de que nós, motoristas ou passageiros, não somos treinados para usar o extintor de incêndio adequadamente. Mas apesar de não ser mais obrigatório, a nossa recomendação é a que você tenha um em seu automóvel. Prevenir nunca é demais, não é mesmo?

O artigo desta semana foi curtinho, mas de muita utilidade para todos nós. Semana que vem estaremos volta!


Compartilhe esta publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *