Dicas e Manutenção

Como identificar problemas na suspensão do seu veículo

Como identificar problemas na suspensão do seu veículo

Como identificar problemas na suspensão do seu veículo? Todos nós sabemos da importância da suspensão para o nosso tão amado carro. O seu mal funcionamento compromete o desempenho do veículo como um todo, reduzindo sua vida útil, tornando-o mais frágil, exposto a acidentes de trânsito, com péssima aderência e levando tanto o motorista quanto os passageiros a sentirem os impactos dos buracos de ruas.

Só que você aí por acaso sabe quando a suspensão do seu carro está com problemas? Bem, é para isso que nós do Peça Shop estamos aqui nesta semana. Vamos passar algumas dicas valiosas que ajudarão você a identificar se há algo de errado com a suspensão do seu carro. Sem mais delongas, vamos lá?

1. Que barulhos são esses?

Barulhos metálicos, solavancos, rangidos e ruídos em excesso podem indicar sérios problemas no sistema de suspensão. Esses problemas se tornam ainda mais perceptíveis quando o veículo passa por estradas acidentadas, lombadas ou depressões. Se o seu carro estiver apresentando barulhos estranhos, leve-o agora mesmo ao mecânico.

2. Pulos intensos no veículo

Molas desgastadas provocam pulos intensos no veículo, causando deformações nos pneus, na banda da rodagem e derrubando a precisão na dirigibilidade. Isso ocorre porque as molas são controladas pelo amortecedor, responsável por regular o contato dos pneus com o solo.

3. Instabilidades na direção

Como já mencionado no início do nosso artigo, quando a suspensão está com problemas, é alta a instabilidade na hora de dirigir. É comum o motorista sentir pequenos solavancos, uma vez que esses solavancos são transmitidos para a carroceria do veículo. Os pneus são afetados novamente, deixando o carro difícil de ser controlado.

Observação: vale ressaltar que a falta de alinhamento das rodas pode causar problemas parecidos com os citados acima. Por isso, não se esqueça: a cada 10 mil quilômetros rodados, confira o balanceamento.

4. Vazamentos

A esta altura, você já deve ter se convencido da importância de fazer revisões periódicas no seu carro. Agora, imagine as consequências de óleo vazando no corpo do amortecedor? Pois isso pode ocorrer quando há problemas na suspensão. O óleo que deveria estar comprimido dentro do amortecedor acaba vazando, fazendo com que a peça em si perca sua ação rapidamente. Um problema sério, que merece a atenção de todos.

5. Carros rebaixados = atenção redobrada

Se você curte carros rebaixados, fique sabendo que a integridade da carroceria deve ser preservada. Atente-se a rachaduras no monobloco, próximo às torres dos amortecedores. Vale sempre destacar que os procedimentos de rebaixamento devem ser realizados com muita cautela e por empresas especializadas. Evite modificar a originalidade da suspensão, tais como reduzir o comprimento das molas ou alterar o diâmetro das rodas. Se modificados, o seu possante poderá apresentar graves problemas no futuro.

Resumindo…

Para saber se o amortecedor do seu carro está com problemas, verifique o balanço da carroceria, confira o desempenho na estrada e sempre analise o desgaste dos pneus. São atitudes simples que podem evitar grandes dores de cabeça.
Como identificar problemas na suspensão do seu veículo

Esperamos que nosso artigo tenha sido muito útil a vocês, queridos(as) leitores(as). Semana que vem estaremos de volta. Não se esqueça de deixar o seu comentário. Até!

Carrinho

x

FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se em nossa newsletter para receber promoções e novidades